Artigo

Rejuvenescimento facial – antes e depois

O rejuvenescimento facial é um tratamento que utiliza diferentes técnicas para prevenir ou tratar os efeitos do envelhecimento facial. 

Com a idade, o organismo produz menos colágeno, o que contribui para a perda da elasticidade da pele, queda dos tecidos, músculos, aumento da flacidez e para o aparecimento linhas de expressão e rugas. 

Embora não possamos impedir, é possível driblar ou retardar tais efeitos. Leia mais sobre o rejuvenescimento facial, principais técnicas, valores e muito mais.

Continue lendo este post e entenda mais sobre o antes e depois do rejuvenescimento facial e descubra o que esperar do tratamento. 

Rejuvenescimento facial a laser: Antes e depois

O rejuvenescimento facial a laser é um tratamento que utiliza o comprimento de luz direcionado a um alvo específico. O processo permite remover camadas inteiras da pele, favorecendo sua renovação. 

Os efeitos de antes e depois aqui vão depender do objetivo. O tratamento provoca um pequeno processo inflamatório na região e quando cicatriza estimula a produção de colágeno novo, a retração da derme e seu estiramento. Isso melhora rugas estáticas e dinâmicas. 

Trata-se de uma técnica que exige uma série de cuidados do paciente, como evitar a exposição solar, banhos de piscina e o uso de cremes tópicos. Os resultados podem perdurar por até 12 meses e são necessárias de 2 a 5 sessões.

Rejuvenescimento facial com radiofrequência: antes e depois

O tratamento utiliza a emissão de radiofrequência sobre a pele, que responde com o estreitamento do colágeno, com efeito positivo sobre a flacidez. O calor gerado pela radiofrequência não causa danos aos tecidos e gera termo lesões controladas. 

O resultado é uma regeneração capaz de estimular a produção de fibras colágenas e elásticas, melhorando a firmeza dos tecidos conjuntivos. 

A técnica também estimula a vasodilatação, promovendo a circulação sanguínea e linfática, estimulando também a respiração endocelular e a expulsão dos radicais responsáveis pelo envelhecimento da pele. 

Se o “antes” era uma pele cansada, com sinais de flacidez e rugas aparentes, o “depois” é uma pele mais tonificada, enrijecida e com maior elasticidade. O tratamento também é indicado para redução de olheiras, diminuição da dilatação dos poros e redução dos vasinhos. 

O paciente já nota o efeito lifting poucos dias depois, no entanto, os efeitos progressivos, com o estímulo do colágeno acontecem com a soma de algumas sessões, em um período maior, de 2 a 4 semanas.

Os resultados podem perdurar até 18 meses, sendo necessárias de 2 a 4 sessões, dependendo do objetivo do tratamento. Entre os cuidados estão: evitar a exposição solar pelos primeiros 15 dias, evitar banhos de piscina e beber 2 litros de água por dia.

Rejuvenescimento com luz pulsada: antes e depois

A luz pulsada gera calor a partir de flashes na pele com diferentes comprimentos de onda e pulsos (simples, duplo ou triplo). Esse calor é controlado e juntamente com os flashes de luz age sob os cromóforos de modo a coagular os tecidos e ativar reações no organismo. 

Inicialmente, as reações provocam um efeito lifting, proporcionando um aspecto mais jovial à pele. Nas semanas seguintes, o paciente nota a melhora na rigidez e no tônus da pele, as rugas e sinais do tempo diminuem com a produção de colágeno. O tratamento também reduz olheiras, manchas na pele, cicatrizes e vasinhos.

Os resultados duram cerca de 12 meses, de acordo com a quantidade de sessões e demais cuidados pessoais do paciente com a pele. São necessárias de 2 a 5 sessões. Os cuidados pós-procedimento são semelhantes ao do rejuvenescimento com radiofrequência.

Rejuvenescimento facial sem cirurgia: antes e depois

Esse tipo de rejuvenescimento facial utiliza bioestimuladores de colágeno. As opções disponíveis no mercado utilizam versões sintéticas de substâncias que já existem no organismo humano, dessa forma os resultados são mais naturais em relação à cirurgia plástica. Vamos aos principais:

Sculptra (ácido poli-L-lático) 

O Sculptra utiliza o ácido poli-L-lático (presente no organismo humano) aplicado por injeção ou micro cânulas em diferentes partes do rosto. O corpo absorve o ácido, que age estimulando a formação de colágeno na derme, aumentando em até 400% a produção da substância.

Pouco tempo depois da primeira aplicação, o paciente já nota a redução na flacidez da pele, redução nas rugas e aumento do volume da face. Os resultados são progressivos e perduram por até 12 meses. São necessárias de 3 a 5 sessões, com cuidados básicos como uso de protetor solar, evitar exposição ao sol e banhos de piscina na primeira semana. 

Radiesse (hidroxiapatita de cálcio)

O tratamento é baseado na aplicação de microesferas de hidroxiapatita de cálcio suspensas em gel. Quando absorvido, o produto estimula a produção de colágeno no local. Trata-se de uma técnica minimamente invasiva, indicada para o preenchimento de vincos, redução na dilatação dos poros, linhas de expressão e flacidez. 

O resultado é uma pele mais rígida, com maior tônus, elasticidade e aspecto jovial. Assim como outros bioestimuladores, os efeitos são progressivos e podem durar até 24 meses. São necessárias de 2 a 5 sessões conforme o caso, com resultados que surgem após a primeira aplicação. 

Entre os cuidados pós-procedimento estão o uso de protetor solar, além de evitar a exposição à luz do sol sem proteção ou banhos de piscina na primeira semana após a sessão.

Silhouette 

O Silhouette é uma técnica que utiliza fios com bioestimuladores de ácido polilático que são introduzidos sob a epiderme. Apresenta um efeito duplo: lifting imediato, pois os fios “levantam” a pele e o efeito secundário de estimular a produção de colágeno. 

Os resultados são sensíveis a partir da primeira sessão, com o efeito lifting. Os efeitos progressivos são sentidos nas semanas seguintes e podem permanecer por até 24 meses. São necessárias de 2 a 4 sessões, conforme o objetivo.

Peeling

O dermatologista pode oferecer mais de uma técnica de peeling, eles são divididos em químico e físico. Os resultados são semelhantes, visto que o intuito é o mesmo: a destruição controlada de camadas da derme e epiderme. Assim é possível a renovação celular e dos tecidos, estimulando a produção de colágeno. 

Os resultados são perceptíveis em pouco tempo e incluem a redução de manchas, cicatrizes e poros dilatados, além de devolver a rigidez da pele e sua maciez. Os efeitos podem durar até 12 meses, sendo necessária de 2 a 5 sessões. Entre os cuidados pós-procedimento estão evitar a luz solar sem proteção, usar protetor solar e cremes tópicos, se for recomendado pelo dermatologista. 

Para todas as técnicas apresentadas é necessário a indicação do dermatologista. Nenhuma delas deve ser conduzida fora do consultório, sem o acompanhamento profissional. Os efeitos são mais duradouros quando associados a cuidados específicos, que vão desde uma alimentação saudável ao uso de dermocosméticos. 

Leia mais sobre o rejuvenescimento facial, principais técnicas, valores e muito mais.

Deixe o seu comentário

Abrir chat
Agende sua avaliação