Laser para Estrias

Nem sempre as estrias são fáceis de serem tratadas. Na verdade, na maioria das vezes elas são para nós um grande desafio. No entanto, existem sim alguns tratamentos capazes de melhorar a sua aparência ou até mesmo exterminá-las completamente. 

Através da energia de lasers fracionados, como o CO2 e o Erbium, é possível aquecer a área e garantir um dano controlado na epiderme e na derme permitindo estimular a produção do colágeno, tratando as estrias.

A Clínica de Dermatologia Dra. Juliana Toma tem experiência em Laser para estrias em São Paulo.

Design sem nome 97
Dra Juliana Toma Dermatologia Sao Paulo
UM POUCO SOBRE A DRA.

Dra. Juliana Toma

CRM-SP 156490 / RQE 65521

Médica dermatologista, com Residência Médica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-EPM).

Especialização em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês. Fellow em Tricologia, Discromias e Acne pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Pós-Graduação em Pesquisa Clínica pela Harvard Medical School – EUA

CONHEÇA A EQUIPE
11-99255-1854 Rua Saint Hilaire 96 – Jardim Paulista – São Paulo

Embora não ofereçam nenhum risco a saúde, já que não comprometem nenhuma função corporal, as estrias acabam causando um grande desconforto estético, especialmente quando em áreas visíveis. 

Dermatologista Especialista

Laser fracionado (para estrias novas e antigas)

Embora sirvam para o mesmo fim, existem diferenças na atuação do laser com CO2 e com Erbium: 

Laser de CO2: Possui maior poder de penetração se comparado ao laser de Erbium, já que é menos absorvido pela água. Por causa disso, aquece mais a derme, tornando-se mais potente. No entanto, pelo mesmo motivo, há risco de hiperpigmentação da pele, o que poderia vir a causar manchas. 

Laser de Erbium: Ao contrário do laser de CO2, este é mais facilmente absorvido pela água, por isso, seu foco de atuação é a superfície da pele. Como seu efeito na derme é pequeno, não há uma estimulação de colágeno tão significativa. A vantagem é que neste caso não existe risco considerável de hiperpigmentação. 

A técnica é chamada fracionada devido à maneira como trabalha o equipamento utilizado. Graças a esse tipo de aplicação, é possível proteger a pele de uma grande carga energética, o que poderia ser danoso. 

Agende via WhatsApp sua consulta

Mais sobre o tratamento

O indicado é de três a oito sessões, conforme tipo e a quantidade de estrias, com intervalo de 30 a 45 dias entre elas.

É imprescindível uma consulta com um dermatologista para avaliar quantas sessões são necessárias e qual potência no uso do laser. Seu uso indevido pode ocasionar manchas e queimaduras na pele. Os resultados aparecem somente após três meses do tratamento, quando ocorre a produção do colágeno induzido pelo laser.

NOSSA ESTRUTURA

Clínica localizada na região dos Jardins em São Paulo

Conta com valet gratuito na porta e estacionamento no local. Amplas instalações modernas. A clínica está pronta para receber seus pacientes de forma especial, e utilizar últimas tecnologias do mercado de maneira eficaz.

Agende uma consulta através do nosso WhatsApp

Dra. Juliana Toma – Médica Dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo – EPM

Clínica no Jardim Paulista – São Paulo – SP

CLÍNICA DE DERMATOLOGIA DRA. JULIANA TOMA

Agende sua consulta. Atendemos pacientes particulares

Dermatologia Clínica e Cirúrgica. Tratamentos Faciais e Corporais. Laser em picossegundos. Cosmiatria

AGENDE SUA CONSULTA