Melhora de textura da pele sem downtime

Não é todo mundo que quer se submeter a um procedimento estético e ter que mudar a rotina ou cancelar a agenda. Pensando em todos os entraves que impediam os cuidados faciais, não só relacionados à rotina como também aos curativos, dores e inchaços, mais pessoas têm recorrido a tratamentos que melhoram a textura da pele sem downtime. 

Leia também: Manchas na pele – Principais causas e tratamentos

Trata-se de uma abordagem que vem crescendo nos consultórios dermatológicos, face aos avanços da medicina estética. Continue lendo o post e entenda mais sobre o tema.

Design sem nome 40

O que são tratamentos estéticos sem downtime?

Downtime traduzido é “sem tempo de pausa”. Na dermatologia refere-se aos procedimentos minimamente invasivos ou pouco invasivos, com tempo reduzido de recuperação, intervalos menores entre as sessões, que não exigem afastamento do trabalho ou repouso. 

São necessariamente menos invasivos que técnicas como cirurgias, cujos cuidados são mais sérios, além das questões envolvendo curativos e marcas. 

Os tratamentos sem downtime podem ser feitos em qualquer época do ano e apresentam poucas restrições. A quantidade de sessões varia conforme a técnica e os objetivos. Passados seis meses da última sessão, o dermatologista avalia as necessidades futuras do paciente. 

Quais tratamentos estéticos oferecem melhora de textura sem downtime?

Uma rotina de cuidados dermatológicos deve ser iniciada a partir dos 30 anos ou quando surgem quaisquer incômodos na pele. A partir de uma relação de confiança entre médico e paciente, é possível chegar a um consenso em relação às técnicas sem downtime que podem trazer os melhores resultados. 

Vamos às técnicas eles:

Laserterapia 

Há diferentes opções, dos quais se destacam o Spectra e Q – Switched, bem como suas variações. O aparelho gera feixes de luz seletivos, direcionados somente às regiões que precisam de “retoques”, como no caso das manchas, rugas, entre outros sinais de envelhecimento, sem alterar a região próxima. 

As múltiplas ponteiras ainda permitem estimular a regeneração celular dos tecidos que compõem a pele, dessa forma, também tratam poros dilatados, aumentam o tônus, a elasticidade da pele e promovem a formação de colágeno novo.     

As sessões duram poucos minutos, independente do objetivo do tratamento. Os riscos e efeitos colaterais são mínimos. Os cuidados pós-sessão também. Basta evitar a exposição solar sem uso do filtro, fazer compressas em caso de vermelhidão ou ardência, entre outros, mas nada muito complexo.  

Os resultados são visíveis logo após a recuperação e tem efeito prolongado devido à produção de colágeno novo, podendo perdurar por até 18 meses. O número de sessões varia conforme o caso. 

Combinação de injetáveis

Trata-se da associação entre o ácido hialurônico e a hidroxiapatita, com efeito semelhante aos bioestimuladores. O primeiro, apesar do nome, é um ácido leve sem efeitos colaterais e já é amplamente usado na indústria estética. Já a hidroxiapatita de cálcio, é um composto sintético com formato de microesferas suspensas em gel aquoso. 

Juntos, geram uma inflamação controlada e inofensiva na pele para estimular a produção de colágeno novo e elastina, além de hidratar a pele, dar maior sustentação e preencher tecidos com flacidez. O resultado é uma pele mais firme, com menos rugas e linhas de expressão. 

O tratamento é totalmente seguro desde que feito com o acompanhamento do dermatologista. Os efeitos são visíveis logo após a sessão e perduram por meses, conforme o número de sessões.

Nanofat

O Nano Fat é um tratamento que melhora o aspecto da pele a partir da aplicação de pequenas partículas de gordura do próprio paciente no tecido cutâneo. A técnica se inicia com uma pequena lipoaspiração para a retirada de gordura que é então “filtrada” e transformada em pequenas partículas de lipídios e injetada em pontos pré-definidos. 

Não há um aumento de volume substancial em um primeiro momento, visto que as partículas de gordura são muito pequenas, mas após alguns dias, a presença das células tronco na gordura promove a regeneração dos tecidos na área tratada. 

A técnica é minimamente invasiva, é aplicada anestesia local para evitar quaisquer dores e desconforto ao paciente, que pode retornar às suas atividades no mesmo dia do tratamento. O dermatologista irá passar algumas recomendações como uso de filtro solar e retorno às atividades físicas após uma semana do procedimento.

Bioestimulação de colágeno

Os bioestimuladores são substâncias sintéticas que aceleram a produção de colágeno pelo organismo. São aplicados através de cânulas ou agulhas e geram reações inofensivas capazes de estimular a formação de colágeno novo e elastina, melhorando o aspecto da pele como um todo. 

O tratamento não deixa marcas. As substâncias são biocompatíveis, assim não geram nenhuma reação ao paciente e ao longo do tempo são absorvidas, sem quaisquer riscos. 

A melhora no aspecto da pele é perceptível após os primeiros dias do tratamento e pode durar por mais de 24 meses, dependendo do número de sessões. 

Utiliza basicamente duas técnicas, a Radiesse e a Sculptra.  

 

Radiesse

É um composto à base de hidroxiapatita de cálcio aplicado na pele com cânulas para estimular a formação dos ossos. Muito utilizado para a correção de queixos e maxilares com objetivo de deixá-los mais simétricos. Como essa substância já é produzida pelo organismo, as chances de rejeição ou efeitos colaterais são mínimas. 

O produto vai agir a partir da estimulação tecidual, capaz de promover a neocolagênese (acréscimo de colágeno) de modo a dar mais volume a região tratada, melhorar o aspecto da pele, gerar o efeito lifting, recuperando a firmeza e elasticidade do tecido cutâneo. 

É um procedimento relativamente simples, que dispensa cirurgias mais invasivas e que melhora o contorno facial. Logo após o tratamento já é possível notar os benefícios e como ele é progressivo, os resultados perduram por cerca de 18 meses. 

 

Sculptra

Sculptra é um tratamento a base da aplicação cutânea do ácido poli-L-láctico (PLLA), um composto biocompatível que estimula a produção de colágeno novo na região tratada. Dessa forma, pode aumentar em até 400% a produção de colágeno, capaz de reduzir a flacidez da pele e promover o rejuvenescimento facial e corporal. 

É uma das técnicas para flacidez e melhora do aspecto da pele mais eficientes. Pode ser aplicado tanto no rosto, como em áreas que sofrem com a flacidez relacionada à idade, como pescoço, mãos, braços, coxas e abdômen. 

Os resultados também são sensíveis logo após a sessão e podem perdurar por 18 meses ou mais (conforme o número de sessões), devido ao seu efeito prolongado de estimulação de colágeno. 

Os riscos são mínimos, não há downtime e os cuidados incluem evitar banhos de piscina nos primeiros dias após o tratamento e exposição prolongada ao sol sem filtro solar. 

Microagulhamento

O Microagulhamento é uma terapia que utiliza um aparelho específico, que usa micro cânulas para fazer pequenos furos na pele. Esses furos são indolores e imperceptíveis em um primeiro momento, mas muito eficientes, pois estimulam a formação de novas fibras de colágeno. 

É indicado para o tratamento de manchas cutâneas, flacidez, rugas, remoção de cicatrizes, e tem um grande poder de rejuvenescer a pele. 

Não é necessária dispensa do trabalho para o procedimento, que não deixa marca. Em alguns dias é possível notar os resultados, que perduram por 12 meses devido à estimulação do colágeno, que permanece mesmo após o procedimento.

Radiofrequência

A Radiofrequência é um excelente tratamento sem downtime para melhorar o aspecto da pele. Trata-se de uma técnica indolor, minimamente invasiva que permite ao paciente retornar às suas atividades no mesmo dia da sessão. 

O procedimento consiste na utilização de um aparelho específico que gera pulsos de calor que estimulam a pele a produzir colágeno novo, o que melhora a qualidade e a elasticidade do tecido, assim corrige linhas de expressão, melhora a hidratação e firmeza do rosto. Também melhora a circulação no local, mantendo a pele mais oxigenada e firme. 

A técnica pode ser usada na região T (testa, nariz e queixo), ao redor dos olhos, maçãs do rosto e na papada. Os resultados são duradouros e podem ser visíveis após alguns dias da sessão. 

Quais cuidados devem ser tomados ao realizar esses procedimentos? 

O mais importante deles é procurar um dermatologista sério, capacitado e atencioso. É importante que ele esteja apto a sanar todas as dúvidas, inclusive após o procedimento. Evite receitas caseiras ou realizar procedimentos sem a avaliação e recomendação do profissional. 

Leia também: Manchas na pele – Principais causas e tratamentos

Agende uma consulta através do nosso WhatsApp

Dra. Juliana Toma – Médica Dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo – EPM

Clínica no Jardim Paulista – São Paulo – SP

Dra. Juliana Toma

CRM-SP: 156490 / RQE: 65521. Médica Especialista em Dermatologia pela SBD. Residência Médica em Dermatologia pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo. Pós-Graduação em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês. Pós-Graduação em Pesquisa Clínica - Principles and Practice of Clinical Research - Harvard Medical School (EUA).

Deixe o seu comentário