Como Evitar o Envelhecimento Precoce Da Pele

Que tal algumas dicas de como evitar o envelhecimento precoce da pele? Quem não quer manter uma aparência jovial pelo máximo de tempo possível, não é mesmo? 

Algumas atitudes simples são de grande valia nesse sentido, e é sobre elas que falaremos neste artigo. 

É natural que a pele envelheça com o tempo e jamais conseguiremos impedir completamente esse processo. Contudo, diversos fatores podem acelerar tais mudanças, como o excesso de exposição solar, a má alimentação, o sedentarismo e a poluição, por exemplo.

Em geral, esses e outros fatores que também poderiam ser citados, favorecem o acúmulo de radicais livres, que são resultados de reações químicas do organismo, e por sua toxidade, agridem as células e favorecem o envelhecimento do corpo. 

Você não conseguirá interromper a produção e nem mesmo a ação desses radicais livres, mas certamente é possível controlar tais processos. Para isso, será necessário rever alguns hábitos e quem sabe incluir novos costumes em sua rotina. 

Continue a leitura e descubra como evitar o envelhecimento precoce da pele. 

Use filtro solar

Não poderíamos começar por outra coisa se não pelo filtro solar. Utilize protetor solar diariamente independente da estação do ano e do clima. Além disso, não se esqueça de fazer a reposição, no mínimo de duas em duas horas. 

Mas, por que o protetor solar é tão importante?

O envelhecimento precoce é um dos principais danos causados pelo sol, mais especificamente pelos raios ultravioletas (UVA). 

Diferente dos raios UVB que deixam a pele vermelha, os UVA atingem a derme e a hipoderme ao longo de todo o dia, e por penetrarem as camadas mais profundas da pele, favorecem alterações estruturais. 

Dentre várias, citaremos apenas um exemplo. A perda de colágeno está entre as principais causas por trás dos sinais do envelhecimento, como rugas e linhas de expressão. 

A exposição desprotegida causa alterações na matriz extracelular, em especial no colágeno e na elastina, que são responsáveis pela elasticidade e firmeza da pele, ou seja, aceleram o processo de perda anteriormente exemplificado. 

Graças ao protetor solar, é possível não só controlar este processo, o uso do produto também estimula a permanência do colágeno estocado no corpo. 

Sendo assim, se você ainda não tem o hábito de usar filtro solar, agora já tem excelentes motivos para inclui-lo em sua rotina! 

Mantenha a pele hidratada

A pele, quando ressecada, torna-se opaca, áspera e sem elasticidade, sinais fortemente associados a seu envelhecimento. 

Por isso, independente do seu tipo de pele, seca, oleosa ou mista, é preciso realizar uma hidratação adequada.

O maior órgão do corpo, é também o mais exposto. O tecido cutâneo é constantemente afetado pela mudança de temperatura, pelo sol, por vento e até mesmo pela poluição. Sem falar que muitas pessoas acabam exagerando na limpeza ou mesmo utilizando produtos inadequados. 

Quanto mais saudável a pele estiver, em especial a epiderme, sua camada mais superior, melhor ela enfrenta as agressões externas, servindo como uma barreira eficiente de proteção para o organismo.  

Adote uma alimentação saudável

O que você come será naturalmente refletido na saúde da sua pele, por isso, adotar uma alimentação saudável é uma excelente forma de evitar o envelhecimento precoce da pele. 

Vamos entender isso melhor?

Tanto a carência quanto o excesso de nutrientes pode trazer prejuízos estéticos ao tecido cutâneo. 

Certos alimentos, em especial aqueles ricos em antioxidantes como os que possuem em sua composição vitamina C e E, ajudam no combate aos radicais livres que atuam sobre a pele, reduzindo sua proliferação. Como vimos, é impossível evitar por completo o envelhecimento, mas ingerir tais alimentos geram melhoras significativas e perceptíveis. 

Você não precisa banir nenhum alimento de sua dieta, basta manter uma alimentação equilibrada, que inclua em proporções adequadas todos os nutrientes. Com isso, você irá acelerar a renovação celular, o que dentre outros benefícios, melhorará a aparência da sua pele, do seu cabelo e até das suas unhas. 

Comece por mudanças simples, reduza o consumo de frituras, alimentos industrializados e ricos em carboidratos. Além disso, inclua alimentos compostos por vitaminas e fibras em sua dieta, eles deixam a pele mais firme e bonita. 

Envelhecimento precoce

Pratique exercícios físicos

Um estudo publicado pelo American Journal of Epidemiology descreve uma análise sobre os efeitos da atividade física em 1481 mulheres entre 64 e 95 anos de idade. O estudo contabilizou o tempo em que elas ficavam paradas, e concluiu que aquelas que passavam mais de 10 horas sentadas diariamente e faziam menos de 40 minutos de exercícios eram biologicamente 8 anos mais velhas. 

De acordo com os pesquisadores, esse resultado comprova a relação entre o sedentarismo e o envelhecimento precoce das células. 

A prática regular de atividade física traz inúmeros benefícios à saúde, e a longevidade e o envelhecimento saudável estão inclusos a esta lista. 

Além de produzir melhoras no funcionamento sistêmico do corpo, o exercício faz bem para pele deixando-a mais saudável e bonita, prevenindo o excesso de oleosidade, eliminando toxinas acumulas e, como consequência, prevenindo rugas e flacidez

A Organização Mundial da Saúde recomenda um tempo mínimo de exercício de 150 minutos por semana. Você pode escolher a modalidade que mais te agrada, caminhada, corrida, natação ou mesmo um esporte. 

Beba muita água 

Já falamos sobre a importância da hidratação para a pele, mas a hidratação externa não é suficiente. Além de usar um bom hidratante, beba pelo menos dois litros de água por dia. 

Você provavelmente já ouviu dizer que o corpo é 70% água, isso porque nossas células possuem água em sua composição. Células saudável são sinônimo de um corpo saudável. 

Quando hidratada a pele se tornar mais viçosa, firme e bela. Além de retardadas, as rugas são também amenizadas por uma maior ingestão de líquido, dando uma aparência mais jovial ao tecido cutâneo. 

Você sabia que a pele é a responsável pelos primeiros sinais de desidratação do corpo? 

Aumente o seu consumo de água e logo verá a diferença ao se olhar no espelho. O contrário também é verdade, se por algum motivo você reduzir a quantidade de água consumida, logo perceberá que sua pele se tornará mais ressecada e flácida. 

Coloque como meta oito copos de água por dia, é um excelente começo! 

Durma bem 

Um estudo realizado pela University Hospital Case Medical Centre de Ohio demonstrou que as células da pele também se recuperam enquanto dormimos. De acordo com os pesquisadores essas células trabalham enquanto estamos acordados, e passam por um importante processo de purificação durante a noite. 

Por isso, ter poucas horas de sono ou dormir mal pode sim acelerar o envelhecimento da pele e também do corpo. 

Além disso, dormir mal aumenta o nível dos hormônios do estresse, o que estimula a produção de radicais livres, que como vimos, também promovem o aparecimento de rugas e linhas de expressão por reduzirem a elasticidade da pele. 

Sem dúvidas, cuidar da qualidade do seu sono é uma excelente forma de evitar o envelhecimento precoce. Caso tenha alguma dificuldade para dormir, tente praticar a higiene do sono, cuide da luminosidade e dos ruídos em seu quarto e evite usar o celular antes de se deitar. 

Se ainda assim não experimentar melhoras, procure ajuda. Existem diversos tratamentos eficientes para a insônia, certamente você se sentirá melhor. 

Controle o estresse

É de conhecimento comum que pessoas estressadas costumam envelhecer mais rápido. Mas você sabe porque isso acontece?

Assim como a ansiedade, o estresse causa uma série de alterações hormonais no organismo. Todas essas mudanças acabam prejudicando o processo de renovação celular da pele. Essa interferência é explicada pelo encurtamento dos telômeros, que são uma espécie de capa que protege o DNA da célula. 

As consequências de tudo isso são muitas, mas dentre elas, duas merecem ser citadas aqui: redução da produção de colágeno e aumento da produção de radicais livres. 

Ambos os fatores estão diretamente relacionados ao envelhecimento da pele. 

Você perceberá isso ao se olhar no espelho, sua pele vai se tornando mais enrugada, ressecada e sem brilho.

Sendo assim, adicione a sua rotina momentos de lazer. Tire tempo para sua família, para seus amigos e para fazer algo que você goste. 

Alimentar-se bem, praticar atividade física e cuidar da qualidade do seu sono também pode ajudar, tais práticas promovem o relaxamento do corpo e da mente, trazendo sensação de bem-estar.

Talvez seja necessário buscar ajuda especializada para lidar com o estresse. Não há vergonha nisso. Sua saúde física e mental merecem cuidado. 

Use produtos específicos para o seu tipo de pele

Não é a toa que existem produtos específicos para diferentes tipo de pele. Cada cosmético se adapta melhor a determinadas características, e se aplicados de maneira indevida pode gerar o efeito contrário e acabar se tornando prejudicial. 

Para identificar os diferentes tipos de pele é avaliado principalmente o número de glândulas sebáceas e a produção de sebo. Você precisará saber exatamente qual o seu tipo de pele para identificar qual o melhor tratamento para evitar o seu envelhecimento precoce.  

Imagino só, se sua pele já produz muito óleo e você utiliza um hidratante que estimula o funcionamento das glândulas da pele, você acabará ressaltando as características negativas deste tecido. 

Resumidamente, podemos falar em 6 tipos de pele: oleosa, seca, mista, acneica e normal. Cada uma delas irá requerer cuidados específicos. 

A melhor forma de identificar qual o seu tipo de pele e, com isso, qual o produto ideal para o seu caso, é consultando um dermatologista. O especialista saberá dizer exatamente as fórmulas ideais e irá indicar quando e em qual quantidade você deve usar cada cosmético. 

Faça limpezas de pele

Você sabia que evitar o envelhecimento precoce da pele é um dos benefícios da limpeza de pele? 

A limpeza seja ela profissional ou caseira, ajuda na remoção de células mortas, elimina a sujeira acumulada, evita o excesso de oleosidade, aumenta a permeabilidade cutânea, favorece a hidratação, estimula a renovação celular e, diante de tudo isso, torna a pele mais saudável, viçosa e bonita. 

É por isso que dias após fazer uma limpeza de pele é como se o seu rosto tivesse passado por um detox. O tecido é renovado e parece ganhar mais vida. 

É natural que com o tempo vão surgindo camadas de sujeira, bem como de pele morta, advinda da renovação celular, assim como esse é um processo regular, também deve ser a higienização da pele. 

Você não precisa e nem mesmo deve fazer sempre uma limpeza profunda. Mescle cuidados diários com um tratamento profissional de tempos em tempos. 

Além de evitar envelhecimento precoce da pele, você obterá outros benefícios, como: 

  • Efeito cicatrizante e relaxante
  • Prevenção de cravos e espinhas
  • Controle da oleosidade excessiva
  • Tratamento contra manchas e textura inadequada
  • Desintoxicação da pele
  • Ação anti-inflamatória
Rugas

Visite um dermatologista de tempos em tempos 

Todas as pessoas precisam visitar um dermatologista. Este é o especialista nos cuidados com a pele e seus anexos, pelos, cabelos e unhas. É o profissional capacitado para avaliar as condições da pele, diagnosticar problemas e orientar os mais diversos tipos de tratamento relacionados. 

Além disso, o dermatologista é a pessoa certa para identificar qual o seu tipo de pele, e portanto, para indicar os melhores cosméticos para você.

Caso tenha interesse em passar por algum procedimento rejuvenescedor, procure o especialista. Esta é a forma mais segura de cuidar da saúde da sua pele e evitar o envelhecimento precoce. 

De quanto em quanto tempo devemos ir ao dermatologista? 

Esta é uma dúvida comum. Se você toma sol com frequência deve agendar uma consulta pelo menos a cada quatro meses. Assim, será possível evitar problemas, diagnosticar distúrbios precocemente e prevenir complicações. 

Geralmente, pacientes em tratamento ou que fazem uso de medicação controlada precisam manter uma frequência consideravelmente maior, com visitas quinzenais ou mensais. 

Para você, que não tem nenhum problema de pele e que pretende realizar consultas preventivas e resguardar sua pele dos sinais do envelhecimento, é recomendada uma consulta de check-up a cada seis meses. 

De qualquer forma, converse com um dermatologista de sua confiança, ele é a pessoa certa para te orientar sobre como cuidar corretamente da sua pele e mantê-la jovem e saudável.

Deixe o seu comentário