Artigo

Cuidados com as unhas – Veja como preservar a saúde delas

São os cuidados diários com as unhas que as tornam mais fortes e protegidas contra as agressões sofridas cotidianamente. Se você sofre com unhas fracas e quebradiças saiba que por meio de hábitos simples é possível que elas fiquem mais fortalecidas.

Você sabia que o enfraquecimento das unhas é um problema bastante comum? Muitas pessoas passam por isso, e o motivo desta alta prevalência é simples de entendermos. 

As nossas mãos estão sempre trabalhando, juntamente com elas, nossas unhas. Elas sofrem agressões físicas e químicas constantemente. Mesmo sendo esta uma realidade bem óbvia e compartilhada por todos nós, poucas pessoas se preocupam em cuidar da saúde de suas unhas.

Será que você é uma dessas pessoas que anda precisando dar mais atenção a este pequeno pedacinho de tecido? 

Se sua unha apresenta aspecto poroso, está afinada, descamada, quebra com frequência ou possui manchas e irregularidades, certamente. 

No geral, o ideal é que as unhas mantenham-se aparadas constantemente para evitar o acúmulo de sujeira, além disso, se possível, elas devem ficar no formato oval e estar sempre bem hidratadas. 

Contudo, além destes cuidados básicos, outros devem ser mantidos, em especial por pessoas que, por algum motivo, já possuem predisposição ao enfraquecimento ungueal. Confira nossas dicas abaixo.

O tamanho das unhas deve levar em conta sua profissão, seus hábitos e hobbies.

Mantenha suas unhas cortadas e lixadas

Conforme orientações de seu médico dermatologista, o ideal é que a sua unha seja cortada e lixada sempre para evitar que quebre.

Você pode optar por cortar suas com tesoura ou por apará-la com lixas, em todo caso, utilize ferramentas pessoais ou descartáveis. 

O tamanho das unhas deve levar em conta sua profissão, seus hábitos e hobbies. Isso quer dizer que algumas pessoas poderão deixar a unha um pouco mais compridas, enquanto outras precisarão mantê-las bem mais curtinhas. 

Não pense que os cuidados com as unhas se restringem as mãos. As unhas dos pés devem ser mantidas mais curtas para não influenciarem em seu mecanismo de alavanca. Além disso, estando grandes elas poderiam acabar descolando do seu leito, problema extremamente comum. 

O tamanho das unhas também tem relação com a deposição de sujeitas e detritos. Quando muito grande acabam propiciando infecções. Pelo mesmo motivo deve-se tomar muito cuidado ao remover cutículas, já que elas são um importante mecanismo de proteção, e sua retirada deixaria a unha desprotegida, facilitando a entrada de fungos e bactérias. 

Compreendida a importância da manutenção das unhas em um tamanho ideal, cabe uma ressalva. É preciso muito cuidado ao lixá-las. Há risco de remoção de camadas de queratina, o que deixaria a unha mais fina e fragilizada. O mesmo acontece com pessoas que fazem uso frequente de acetona, por isso, prefira removedores de esmalte sem este componente. 

Tenha uma alimentação saudável

Você sabia que o que você come pode afetar a saúde das suas unhas?

Os alimentos estão diretamente relacionados a composição não só das unhas, mas também dos cabelos e da pele. Sendo assim, mantenha uma dieta equilibrada rica em vitaminas e minerais. 

No caso das unhas, alguns nutrientes são particularmente importantes, reunimos os principais e demos alguns exemplos de onde você poderá encontrá-los. 

  • Zinco: castanha de caju, carnes, aves, frutos do mar, laticínios, feijão e lentilha.
  • Biotina: amêndoa, amendoim, ovo, cenoura, couve-flor e avelã.
  • Selênio: pescados, cereais, carnes, ovos e principalmente na castanha-do-pará.
  • Proteína: frango, ovos, nozes, frutos do mar, soja e cereais.

Muitas pessoas sofrem com o enfraquecimento de suas unhas justamente por manterem uma dieta pobre. Alimentar-se bem é imprescindível. 

Dependendo da gravidade do seu caso, podem ser recomendados suplementos alimentares. Existem diversas opções de produtos que auxiliam na suplementação nutricional, e podem acelerar a recuperação das unhas.

Hidrate suas unhas

A hidratação deve fazer parte da sua rotina de cuidados com as unhas. As unhas são compostas basicamente por queratina. No entanto, o que poucos sabem, é que ela é coberta por um pequeno manto em sua camada mais superficial, responsável por impedir que a água evapore. Esta proteção é essencial para manter a unha hidratada.

O objetivo dos hidratantes é restaurar essa camada, conservando-a sempre funcional, já que ela sofre agressões constantes. Sem esse cuidado, as unhas se tornam ressecadas, envelhecidas e vulneráveis.

Se você ainda não tem o hábito de andar com um creminho para as mãos em sua bolsa ou quem sabe no porta-luva do carro, é hora de providenciar. 

Faça da hidratação das suas unhas uma prioridade, assim como cuida da hidratação do restante do seu corpo. Existem excelentes opções de cremes específicos para unhas e cutículas, os óleos de amêndoas e de uva são ótimas sugestões. Recomendamos uma frequência mínima de aplicação de duas vezes por dia. 

Na primeira semana você já perceberá o aspecto das suas unhas mudar!

Cuidado na hora de lavar a louça

Não é apenas o seu esmalte que sofre quando você lava louças, os danos vão além da estética. Pessoas que possuem o hábito de mexer muito com água e produtos de limpeza precisam ter ainda mais cuidados com as unhas. 

Quando for lavar a louça, para que as suas unhas fiquem protegidas, o ideal é utilizar luvas. Neste sentido, são indicadas luvas de algodão por baixo acompanhadas de uma luva de borracha por cima, impedindo que a cutícula tenha contato direto com as substâncias da luva plástica e corra risco de degeneração.

Use colágeno hidrolisado

O colágeno é uma proteína abundante em nosso organismo e exerce diversas funções importantes. No caso da pele, por exemplo, auxilia na formação do sistema fibroso (fibroblasto) que compõe a derme, sua camada média, sendo essencial para a renovação celular.  

Além disso, ele é também um importante componente das unhas, por isso o colágeno hidrolisado pode atuar como suplemento alimentar para seu fortalecimento.

Cerca de 9 em cada 10 mulheres tratadas com a substância apresentam melhoras consideráveis no aspecto das unhas já nas primeiras semanas de tratamento, o que gera uma grande satisfação em relação ao efeito do produto. 

O colágeno hidrolisado aumenta a velocidade do crescimento da unha, além de fortalecê-la, reduzindo o risco de quebra e descamação. 

Adira a bases fortalecedoras

As bases fortalecedoras são grandes aliadas nos cuidados com as unhas. Além de fortalecerem, elas ajudam a melhorar a espessura, hidratam e dão brilho às unhas. 

Com isso, tornam as unhas mais bonitas, mas também menos quebradiças e removem o amarelado deixado pelo uso frequente de esmaltes. 

Por mais simples que pareçam, elas são essenciais para quem deseja ter unhas sempre saudáveis. Para aqueles que possuem o mau hábito de roer unhas, elas são ainda aliadas no controle desse vício. 

Mas será que qualquer base fortalecedora serve?

Temos uma dica, verifique a composição do produto. São boas opções aquelas que possuem os seguintes ativos: 

  • Cálcio: Estimula a calcificação e aumenta a resistência das unhas
  • Queratina: Promove hidratação
  • Vitaminas: Vitamina A, Vitamina E e Pro Vitamina B5
  • Taurina: Fortalece as unhas
  • Silício Orgânico: Liga-se a queratina, reage com o cálcio, e estimula o fortalecimento das unhas
  • Óleo de Melaleuca: Possui ação bactericida
  • Bisabolol: É um anti-inflamatório natural

Fique atenta às mudanças climáticas

Já notou que quando o tempo muda suas unhas também mudam? 

O frio, as mudanças climáticas ou excesso de água pode enfraquecer as unhas, deixando-as mais quebradiças e manchadas. 

O segredo é redobrar os cuidados com as unhas durante o inverno.

Faça as unhas com frequência

Embora seja necessária uma certa cautela em relação a este assunto, fazer as unhas com frequência é uma das maneiras de mantê-las sempre fortes e saudáveis. Uma vez por semana é uma ótima meta. 

Mesmo que você não possa visitar uma manicure sempre, faça você mesmo. Corte ou lixe as unhas dos pés e das mãos, remova os excessos de pele, e aproveite para passar a sua base fortalecedora e fazer uma hidratação caprichada. 

Mas fique atento!

Não exagere na remoção de cutículas 

O exagero na remoção de cutículas é um problema muito comum e pode ter graves consequências. Como vimos anteriormente, essa prática facilita a entrada de microrganismos, aumentando consideravelmente o risco de infecções. 

Você não precisa retirá-las por completo para que fiquem bonitas. Retire apenas o excesso e utilize produtos que proporcionem hidratação e emoliência para mantê-las sempre belas e saudáveis.

Deixe a unha respirar

O esmalte em muitos casos acaba protegendo a unha. Contudo, como todas as coisas, em excesso, ele pode acabar se tornando prejudicial, especialmente os coloridos. 

Intercale semanas de unhas pintadas com semanas livres de tintura. O uso ininterrupto de esmalte resseca e enfraquece as unhas, além de deixá-las escurecidas e amareladas. 

Verdade ou Mito?

Muitas pessoas acabam errando nos cuidados com as unhas por acreditarem em diversos mitos famosos. Não podemos acreditar em tudo o que ouvimos por aí. Vamos desvendar alguns mitos e verdades sobre as unhas?

Alongamentos estragam a unha?

Mito. É claro que o alongamento exige alguns cuidados a mais. Contudo, desde que você hidrate bem suas unhas, mantenha uma rotina de cuidados com elas, e não seja alérgico a nenhum dos componentes do processo de alongamento, não terá maiores problemas.

As unhas podem refletir algumas doenças

Verdade. No início deste artigo falamos sobre alguns dos sinais de enfraquecimento das unhas (em especial mudanças na espessura, na cor e no formato), tais mudanças podem ser sinal de que algo não vai bem com o seu corpo. Por isso, é tão importante que se procure atendimento profissional, mesmo implementando as dicas aqui apresentadas.

Alongamento em fibra de vidro é melhor do que o de gel?

Mito. Difícil dizer, existem diversos tipos de alongamentos disponíveis no mercado, além de vidro e gel podemos citar os de acrílico, fibra, etc. A escolha ideal depende de cada pessoa e da maneira como cada uma delas se adapta a sua rotina.

Lavar muita louça prejudica as unhas?

Verdade. O contato em excesso com água e produtos de limpeza pode estragar o seu esmalte, mas isso você já sabia. No entanto, como vimos aqui, os prejuízos não são apenas estéticos. A penetração tanto de água como de outras substâncias nas camadas de queratina da unha as torna mais amolecidas, deixando-as mais vulneráveis a diversos tipos de problemas.

Esmalte escuro enfraquece as unhas?

Mito. A cor do esmalte não interfere na saúde das unhas, embora possa sim causar o seu amarelamento dependendo da frequência de aplicação. De qualquer forma, como vimos, é imprescindível que as unhas passem por períodos de descanso, já que o excesso de esmalte pode sim ser prejudicial.

Cada pessoa tem um tipo de unha diferente

Verdade. Se a alimentação interfere na composição das unhas, fica fácil entendermos porque temos unhas diferentes uns dos outros. Mas além desta, existem outras peculiaridades como cor, formato e fragilidade, geralmente frutos da maneira como cada um cuida da unha.

Removedor de esmalte e acetona são a mesma coisa

Mito. Embora muitos removedores de esmalte possuam acetona em sua composição, eles não são a mesma coisa. Na verdade, os removedores sem acetona são os mais indicados, já que essa substância agride as unhas e desidrata a região.

Gostou das dicas? Comece a desenvolver a sua rotina de cuidados com as unhas ainda hoje, logo você começará a notar seus efeitos. 

Mas fique alerta! A maioria dos problemas nas unhas são causados por procedimentos de manicure ou higiene feitos incorretamente. Diante dos sintomas descritos ao longo deste artigo, em especial em casos de persistência dos mesmos, procure um dermatologista de sua confiança.

Deixe o seu comentário