Ácido hialurônico para olheiras

As olheiras podem ter uma série de causas, e muitas vezes se livrar delas é difícil. Uma das opções mais interessantes atualmente é o ácido hialurônico para olheiras, ideal nos casos de olheiras profundas ou quando essas manchas são resultado do envelhecimento cutâneo. 

Esse tipo de tratamento é indicado para diferentes tipos de olheiras, sobretudo aquelas mais escuras, que aparentam que a cavidade ocular é mais profunda do que deveria. Apesar de ser um ácido, trata-se de uma substância já produzida pelo organismo e mesmo sintetizada, eficiente, trazendo poucos efeitos colaterais.

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre olheiras

Continue lendo o post, entenda mais sobre o preenchimento com ácido hialurônico, como funciona, indicações, contra-indicações, entre outras informações importantes para quem quer se livrar das olheiras. Acompanhe. 

O que é o ácido hialurônico

O ácido hialurônico é uma substância produzida pelo organismo naturalmente, mas com o tempo essa produção é reduzida. Sua função é hidratar e dar sustentação à pele. Em geral, uma pele jovem é lisa, elástica e brilhante, pois contém muito ácido hialurônico, mas com o avanço da idade a concentração diminui, reduzindo a hidratação e a elasticidade da pele. 

Essa redução aumenta a flacidez do tecido cutâneo, provoca o surgimento de rugas e a perda da elasticidade natural. 

Quando aplicado na pele para reduzir as olheiras, o ácido aumenta a resistência dos tecidos moles, restaurando a perda de volume na área da lágrima, o que alivia de forma quase instantânea a aparência de cansaço ou afundamento da região ocular. 

O ácido hialurônico vai justamente aumentar o volume da região, dessa forma, reduz a sombra projetada na pálpebra inferior.

Design sem nome 88

Como funciona o procedimento

Inicialmente, é necessário consultar o dermatologista para avaliar a natureza das olheiras. Isso é importante, pois elas podem estar associadas a algum problema mais grave, que cause a desidratação responsável pelas olheiras. 

Se for constatado que a causa pode ser resolvida com o preenchimento do ácido hialurônico, o dermatologista marca a sessão e pede para que paciente siga alguns cuidados, como evitar o consumo de bebida alcoólica no dia anterior. 

No dia da aplicação, o profissional faz marcações nos locais que receberão as injeções, faz a higienização da região e aplica uma solução anestésica (geralmente creme ou pomada). Em seguida faz as aplicações na medida adequada. 

As aplicações são feitas preferencialmente com uma cânula para depositar a solução ao longo da região. A quantidade vai depender da gravidade das olheiras, bem como da sua profundidade. A sessão dura pouco menos de 30 minutos. 

Após a aplicação, o especialista faz uma pequena massagem na região aplicada para espalhar e acomodar a solução.

Quais os cuidados pós-procedimento

Assim que é feita a aplicação, a região pode apresentar vermelhidão e inchaço, o que é normal e desaparece nos primeiros dias. Nas primeiras 24 horas após o procedimento não se deve massagear a região, além de evitar usar qualquer produto na pele, inclusive hidratantes, maquiagem ou filtro solar. 

É indicado apenas lavar a região com água corrente até que a vermelhidão e o inchaço desapareçam. 

Quando o ácido hialurônico para olheiras é indicado

O preenchimento com ácido hialurônico é indicado principalmente nas seguintes situações:

Olheiras resultado do envelhecimento cutâneo

À medida que envelhecemos, os tecidos cutâneos ficam menos flexíveis e a gordura “derrete”. Trata-se de um fenômeno bastante visível sob a área da pálpebra inferior. Esse derretimento da gordura se deposita na parte inferior da pálpebra, dando uma aparência mais cansada e profunda aos olhos, que parecem cansados, mesmo que essa não seja a condição do paciente. 

Olheiras profundas

As olheiras profundas são resultado de uma concavidade na região ocular. Sua origem é hereditária, no entanto, elas se tornam mais acentuadas por conta de catalisadores como privação do sono, cansaço, tabagismo, consumo excessivo de álcool, emagrecimento acelerado, entre outros fatores. 

Olheiras mistas

Ocorre quando a natureza das olheiras é profunda, vascular ou ainda causada pelo acúmulo de gordura na região inferior das pálpebras. Nesses caso, pode ser recomendado a associação de um ou mais tratamento além do preenchimento com o ácido hialurônico. 

Quando outros procedimentos não funcionam

Geralmente, quando o dermatologista já tentou pomadas, cremes, entre outros procedimentos que não funcionaram ou apresentam resultado aquém do esperado. Além disso, é recomendado quando o paciente e o dermatologista decidem por recorrer à cirurgia, por se tratar de uma técnica mais invasiva e que exige um período de recuperação de até 60 dias. 

Quais os benefícios do ácido hialurônico

Além das olheiras, o ácido hialurônico é indicado em outras situações devido ao seu alto poder de hidratação cutâneo. Entre os principais benefícios da substância estão:

Aumento da hidratação – além de aumentar a hidratação, o ácido também ajuda a reter a hidratação já presente na pele, aumentando seus efeitos rejuvenescedores.
Suaviza linhas de expressão – auxilia na redução da profundidade de rugas e linhas finas e evita o surgimento de novas.
Resultados rápidos – logo após a aplicação já é possível notar a diferença.
Reduz a flacidez – com o aumento da hidratação, há uma sensível redução da flacidez no local aplicado.
Ameniza marcas de acne – ameniza as cicatrizes de acne, aqueles pequenos buracos deixados na pele após a cicatrização de cravos e espinhas.

Perguntas frequentes

Agora vamos a algumas perguntas frequentes sobre o procedimento:

Ácido hialurônico é Botox?

Não, o Botox é o nome comercial da toxina botulínica e não é indicada para o tratamento de olheiras. O Botox é uma toxina que age nos músculos de modo a interromper a resposta dos neurotransmissores da pele, o que paralisa os músculos e promove o relaxamento dos tecidos. Isso o torna ideal para atenuar rugas e linhas de expressão.

Quais as contra indicações?

O preenchimento com ácido hialurônico é muito seguro, mas existem contra-indicações, como a aplicação em gestantes, lactantes e pessoas com infecções ou feridas no rosto. 

Quanto tempo dura o procedimento com ácido hialurônico?

O ácido hialurônico possui tempo limitado de ação. Os resultados perduram por cerca de 12 meses, mas pode ser maior dependendo dos hábitos do paciente.

Quantas sessões são necessárias?

Após a primeira aplicação já é possível notar a diferença, no entanto, podem ser necessárias mais aplicações, conforme a gravidade do caso e a resposta do paciente.

Quais os efeitos colaterais?

Dificilmente o paciente vai apresentar efeitos colaterais se o procedimento for realizado em consultório dermatológico, com um profissional e seguir as orientações. Em raros casos, ele pode apresentar pequenos hematomas, edema, eritema, infecção, equimoses e reação alérgica.

Onde deve ser feito o preenchimento?

Somente em consultório dermatológico e por profissionais especializados. Evite a aplicação em qualquer outro lugar para evitar complicações. 

 

Agende uma consulta através do nosso WhatsApp

Dra. Juliana Toma – Médica Dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo – EPM

Clínica no Jardim Paulista – São Paulo – SP

Dra. Juliana Toma

CRM-SP: 156490 / RQE: 65521. Médica Especialista em Dermatologia pela SBD. Residência Médica em Dermatologia pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo. Pós-Graduação em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês. Pós-Graduação em Pesquisa Clínica - Principles and Practice of Clinical Research - Harvard Medical School (EUA).

Deixe o seu comentário