Preenchimento de olheiras – como funciona o tratamento

Muitas pessoas utilizam uma série de receitas caseiras, cremes milagrosos, pomadas, etc, no entanto, as olheiras continuam lá. Ocorre que por sua natureza genética, algumas dessas soluções não são eficazes. Esse é o contexto ideal para o preenchimento de olheiras com ácido hialurônico. 

Em geral, o preenchimento vai justamente atuar onde os tratamentos não surtiram efeito. Trata-se de uma técnica que não é nova, mas nos últimos anos se tornou muito popular devido aos seus resultados rápidos e eficientes. 

Leia também: Tudo o que você precisa saber sobre olheiras

O ácido hialurônico é capaz de minimizar a aparência das olheiras na primeira sessão. Apesar de ser um ácido, o produto em si não faz qualquer mal à saúde quando aplicado em baixas dosagens e por um profissional capacitado. 

Continue lendo o post, entenda como o preenchimento de olheiras funciona, a quem é destinado, possíveis resultados, entre outras informações que te ajudarão a se livrar das incômodas manchas.

O que é o preenchimento de olheiras?

É o preenchimento feito com ácido hialurônico, cujo objetivo é dar mais volume ao canal lacrimal de modo a reduzir olheiras profundas. O ácido hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo organismo, mas que com o tempo se torna mais escassa, assim se reduz a hidratação cutânea natural, sua elasticidade e viço. 

Essa perda reflete principalmente na parte inferior das pálpebras, que sem sustentação não consegue manter a gordura e tecidos rígidos. Como resultado, a gordura se acumula na região, dando aquele aspecto cansado aos olhos. 

Quando aplicado na região das olheiras, o ácido hialurônico vai aumentar o volume, estimular a hidratação no local, aumentar a rigidez e o tônus da pele. O efeito é temporário, pois ao longo do tempo o organismo assimila a substância, mas ainda assim é um tratamento extremamente válido para devolver a autoestima do paciente. 

Design sem nome 87

Em que casos o preenchimento de olheiras é indicado

Nem todo o tipo de olheira pode ser tratado com preenchimento com ácido hialurônico. As olheiras de natureza pigmentar, por exemplo, são causadas pelo acúmulo de melanina no canal lacrimal e o tratamento ideal inclui agentes tópicos despigmentantes. 

As olheiras que melhor respondem ao preenchimento são:

Olheiras profundas

Em geral as olheiras profundas são aquelas popularmente chamadas de “olhos fundos”, pois a luz reflete no osso orbital, proporcionando uma sombra no canal lacrimal. Dessa forma as olheiras se tornam mais evidentes. 

Costumam aparecer na adolescência, contudo podem surgir até antes por conta de hábitos de alimentação com alto teor de açúcar ou gordura. A coloração dessas olheiras vai do castanho escuro, passando pelo cinza e marrom. Também proporciona um aspecto cansado e triste aos olhos.

Olheiras vasculares

Essas olheiras surgem devido a problemas na circulação sanguínea na pálpebra inferior. São mais comuns em pessoas que já apresentam alguma condição que afeta o aparelho circulatório. 

Sua coloração mais comum varia entre o azul, vermelho e roxo. É o tipo de olheira que também surge com poucas horas de sono, cansaço, estresse, entre outros problemas emocionais.

Olheiras sanguíneas

As olheiras sanguíneas são resultado do acúmulo de hemoglobina nos vasos sanguíneos, causadas principalmente por desidratação, alimentação pouco saudável e alergias. São comumente roxas ou avermelhadas. 

Olheiras mistas

Apresentam características de mais de um tipo de olheiras, geralmente a combinação de olheiras profundas com outro tipo. 

Como funciona o preenchimento de olheiras?

O primeiro passo é identificar o tipo de olheira e se o paciente está apto ao procedimento. Para isso, é importante fazer uma consulta com o dermatologista que fará uma série de perguntas para descartar alguma condição que possa causar a desidratação na região e consequentemente as olheiras. 

Se o paciente é elegível ao tratamento, o passo seguinte é definir quais locais receberão as aplicações do ácido, bem como os possíveis resultados. O dermatologista irá passar algumas recomendações, como evitar o consumo de álcool no dia anterior ao procedimento. 

Pouco antes da aplicação é feita a assepsia no local e aplicação de anestésico, geralmente um creme ou pomada que irá reduzir o desconforto durante as aplicações. O produto é injetado por meio de cânulas ou agulhas muito pequenas nas pálpebras, conforme a natureza das olheiras e sua disposição.

Para ajudar no preenchimento, o profissional pode fazer pequenas massagens na região, visando uma melhor assimilação do produto. O procedimento é quase indolor por conta da anestesia. Passadas algumas horas, o paciente pode sentir um leve desconforto ou dores que passam com o uso de um analgésico. 

Recomenda-se, após a aplicação, evitar exercícios físicos, massagens e fricções sobre a região. Nos primeiros dias também é recomendado evitar a exposição solar em horário de maior incidência dos raios ultravioletas e o uso de maquiagem. 

No mesmo dia após a aplicação, o paciente já pode retornar às suas atividades corriqueiras como trabalho ou estudos, desde que evite grande esforço físico.

Quais os benefícios do ácido hialurônico?

Além de reduzir olheiras, o ácido hialurônico possui os seguintes benefícios:

Melhora a hidratação da pele -a reposição do ácido hialurônico melhora a hidratação da pele, deixando-a mais saudável, elástica e viçosa;
Redução de rugas e linhas de expressão – ajuda a reduzir a profundidade de rugas e linhas de expressão, além de prevenir o aparecimento de novas;
Ação anti-flacidez – o ácido também é eficaz contra a flacidez da pele;
Reduz marcas de acne – aqueles buraquinhos deixados pela cicatriz de acne podem ser suavizados com o ácido hialurônico.

Perguntas frequentes

Veja algumas dúvidas frequentes sobre o preenchimento de olheiras:

Em quanto tempo é possível notar os resultados?

A partir da primeira sessão já é possível notar o aumento do volume do canal lacrimal, o que reduz a sombra nas pálpebras inferiores. Ao longo do primeiro mês, o ácido vai aumentar a hidratação na região, melhorando também o aspecto da pele. 

Quanto tempo duram os resultados?

O resultado varia de acordo com a pessoa e como seu organismo responde ao fármaco. Em geral, o período varia entre 12 e 24 meses, podendo ser necessário fazer manutenções para manter o volume. 

Qualquer pessoa pode se submeter ao procedimento?

Não, inicialmente é necessário saber se o paciente está apto a realização do preenchimento. Além disso, gestantes, lactantes e pessoas com alguma infecção/ ferida no rosto não devem se submeter ao procedimento. 

Quais são os riscos?

Como em qualquer tratamento feito por aplicação com cânulas, é fundamental que o profissional tenha experiência na área. O ácido hialurônico precisa ser aplicado na região certa, assim o olho não parece inchado. 

Possui efeitos colaterais?

Os efeitos colaterais são mínimos quando realizados por um dermatologista capacitado, mas existem. Entre eles inchaço, edema, dores e hematomas, que são temporários. 

Conheça outras opções de tratamentos para olheiras aqui! 

Agende uma consulta através do nosso WhatsApp

Dra. Juliana Toma – Médica Dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo – EPM

Clínica no Jardim Paulista – São Paulo – SP

Dra. Juliana Toma

CRM-SP: 156490 / RQE: 65521. Médica Especialista em Dermatologia pela SBD. Residência Médica em Dermatologia pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo. Pós-Graduação em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês. Pós-Graduação em Pesquisa Clínica - Principles and Practice of Clinical Research - Harvard Medical School (EUA).

Deixe o seu comentário