A dermatologia e a natação – Veja como evitar problemas de pele depois da atividade

Para quem permanece longos períodos na água, é comum acarretar algumas alterações na pele, portanto, existem algumas doenças que são caracterizadas devido aos praticantes deste esporte, como “acne aquagênica”, “foliculite do biquíni”, “ombro de nadadores”, e o “pé de atleta”.

Mas além destes problemas, outras patologias podem desencadear outros problemas de pele, caso exista o contato constante com a água, sendo assim, é possível ocasionar urticária ao frio, micoses, ressecamento da pele e cabelos esverdeados.

De qualquer forma, estes problemas podem ser evitados se os praticantes da atividade tomarem algumas precauções, sendo assim, confiram algumas dicas.

 

 

 

Cuidados com a pele:

Conforme a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), “na piscina o cloro provoca a desidratação da pele e também dos cabelos, deixando-os secos, danificados e enfraquecidos”, portanto, veja alguns cuidados:

Exames constantes

natacao e sua pele

 

Para verificar se existem problemas é preciso fazer exames médicos, pois estes problemas podem agravar com a umidade, como fungos ou micoses.

 

Esfoliação

Procure evitar a esfoliação, pois ao esfoliar é possível tirar a camada de proteção da pele, deixando mais sensível facilitando problemas com o cloro.

 

Produtos com lipossomos e ceramidas

Os produtos com estes componentes ajudam a proteger a pele do cloro, pois os lipossomos envolvem as células e impede que o cloro e as ceramidas retenha água, e ajuda como película protetora.

 

Proteção para a pele

Caso a pele fique exposta ao sol é preciso utilizar protetor solar para evitar manchas. Normalmente as pessoas que fazem tratamento para a acne ou manchas, é possível agravar o caso.

 

Hidratação

As piscinas aquecidas favorecem a temperatura corporal, provocando a desidratação, por isto, pode influenciar no tecido cutâneo, portanto, não se esqueça de hidratar bem antes e após nadar.

 

 

Depois da piscina

pele seca natacao

Os cuidados também são importantes após sair da piscina, por isto o recomendado é:

Retirar o cloro

Após sair da piscina o ideal é tomar um banho para retirar todos os resíduos da piscina e usar óleos corporais ou hidratantes para o banho. O ideal é usar sabonete que apresentam hidratação profunda.

 

Área dos olhos

Esse local precisa de cuidado, pois é uma das partes mais sensíveis do corpo e pode desidratar facilmente, para manter hidratada faça compressas.

 

Pele hidratada

Conforme o produto da piscina a pele pode ficar mais sensível, portanto, não se esqueça de hidratar a pele antes e depois.

Canal YouTube Juliana Toma

Dicas para evitar micose

pele ressecada apos nadar

No geral, para evitar micoses e outros problemas, o correto é:

  • Não permanecer com roupas molhadas e aplicar hidratantes de boa qualidade na pele após os treinos.
  • Utilizar o secador de cabelo para remover toda a umidade entre os dedos dos pés e da virilha.

Caso você note afecções dermatológicas, procure suspender os treinos, além disso, caso apareça sintomas de ressecamento prolongado, manchas ou outros sintomas na pele, procure imediatamente um especialista.

Agende uma consulta através do nosso WhatsApp

Dra. Juliana Toma – Médica Dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo – EPM

Clínica no Jardim Paulista – São Paulo – SP

Dra. Juliana Toma

CRM-SP: 156490 / RQE: 65521. Médica Especialista em Dermatologia pela SBD. Residência Médica em Dermatologia pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo. Pós-Graduação em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês. Pós-Graduação em Pesquisa Clínica - Principles and Practice of Clinical Research - Harvard Medical School (EUA).

Deixe o seu comentário