Remoção de micropigmentação de sobrancelha

É fato que a procura por serviços de pigmentação tem aumentado muito nos últimos tempos. A moda das sobrancelhas marcadas e definidas causou uma rápida expansão do mercado, que infelizmente não conseguiu acompanhar tão bem, visto a falta de experiência de alguns profissionais. 

O resultado disso é uma nova onda, dessa vez de remoção de micropigmentação de sobrancelha. O procedimento é capaz de apagar o desenho das sobrancelhas, que é feito de forma similar ao de uma tatuagem. 

 

Leia também: Manchas na pele – Principais causas e tratamentos

Ao longo deste artigo você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre o tema: como é feita a remoção, quais as melhores técnicas e o que esperar do tratamento. Acompanhe!

Micropigmentação de sobrancelhas

A micropigmentação de sobrancelhas pode também ser chamada de tatuagem cosmética. Se trata de uma solução para preenchimento de falhas ou mesmo para mudar o formato da sobrancelha. 

O procedimento é relativamente simples, e consiste na aplicação de uma tinta especial por baixo da pele com o auxílio de um aparelho específico.

Em muitos casos o resultado é satisfatório, renovando a autoestima da paciente. Para isso, é importante um bom planejamento e um excelente profissional. 

Por outro lado, quando o desenho não sai da maneira esperada, a insatisfação é grande, afinal estamos falando de uma área significativamente importante para a estética e expressão facial. 

Geralmente as insatisfações têm relação com as alterações perceptíveis de cores provocadas, seja a curto, médio ou longo prazo

Diante desses casos entre em cena a remoção de micropigmentação de sobrancelha, que pode ser realizada de diferentes formas como veremos adiante.

Remoção de micropigmentação de sobrancelha: como funciona?

O ideal seria que a despigmentação ocorresse de forma natural, como acontece quando a pigmentação é realizada nas camadas mais superficiais da pele. 

Esse processo é o esperado. Por isso, quem deseja manter o resultado deve fazer  retoques ao longo do tempo conforme os pigmentos vão desaparecendo.

Em caso de insatisfação é possível intervir por meio de diferentes técnicas. A remoção irá depender do tempo em que a sobrancelha foi feita, do tipo de pigmento que foi implantado, da profundidade e da resposta fisiológica da pele da cliente. 

A seguir discorreremos sobre as principais técnicas.

As principais técnicas de remoção de micropigmentação de sobrancelhas

Despigmentação com Ácido

A despigmentação com ácido é indicada para todos os tons de pigmentos. Se trata de um tratamento seguro, desde que seja utilizado um ácido confiável liberado pela Anvisa. 

Geralmente os resultados se tornam significativos após 4 sessões. É possível ainda combinar esse método com a aplicação de laser, o que intensifica os efeitos. 

Há, porém, uma vantagem dessa técnica em relação à segunda, a despigmentação com ácido pode ser aplicada a todos os tipos e cores de pele. Também não é contraindicada para pacientes com doenças autoimunes e diabetes.

Despigmentação de Sobrancelhas com Laser

A remoção de micropigmentação de sobrancelha a laser é provavelmente a mais utilizada. Existem diversos tipos de laser, alguns deles chegam até as camadas mais profundas da pele, destruindo os pigmentos, que serão eliminados naturalmente pelo próprio organismo. 

Essa é a principal vantagem do laser em relação ao ácido, ele age de forma mais intensa, por isso produz melhores resultados em sobrancelhas de tons pretos, azulados ou marrom. Por outro lado, a resposta não é tão boa em tons alaranjados, avermelhados, esverdeados ou rosados.

O que não fazer em casos de insatisfação com micropigmentações

Nunca siga métodos caseiros. Você provavelmente irá encontrar diversas dicas online de como fazer a remoção de micropigmentação de sobrancelha em casa, como peelings caseiros, esfregar bucha e outras técnicas.

Porém, tais coisas podem agravar a situação, e pior, causar danos permanentes a pele. 

Sendo assim, sempre opte por contar com a ajuda de um profissional. Converse com a pessoa que fez a sua micropigmentação ou procure alguém de confiança para tirar as suas dúvidas e te orientar.

Quem não pode fazer despigmentação de sobrancelhas

As contraindicações variam de acordo com a técnica utilizada. Contudo, existem ainda alguns casos para os quais nenhum dos dois procedimentos é recomendado: 

  • Gestantes
  • Lactantes
  • Pessoas em tratamentos quimioterápicos de combate ao câncer

Pacientes que sofrem com doenças autoimune e diabéticos não podem fazer despigmentação a laser, mas podem fazer a despigmentação com ácido.

Cuidados necessários para a remoção de micropigmentação

Serão necessários alguns cuidados antes e depois do procedimento. 

Para começar, deve-se evitar a exposição solar. Também é necessário que a micropigmentação esteja completamente cicatrizada, o que pode levar cerca de 30 dias. 

Após o tratamento, será necessário: 

  • Não realizar nenhum tipo de procedimento nas sobrancelhas entre as sessões de remoção; 
  • Fazer o uso de maquiagem apenas 72 horas após terminar a sessão;
  • Evitar tocar a área;
  • Não usar óleos ou ácidos no local.

Dúvidas frequentes

O resultado é garantido?

Não. Cada caso é único e depende de uma série de fatores, dentre eles: cor do pigmento a ser retirado, a profundidade em que esse pigmento foi aplicado, as condições e cor da pele entre outros.

Certas vezes será possível a remoção completa, em outros casos serão obtidos bons resultados sem que haja 100% de remoção.

A remoção da micropigmentação de sobrancelhas dói?

Essa é uma experiência bastante individual, assim, enquanto algumas pessoas descrevem sentir um certo incômodo, outras podem não sentir nada. Em geral, o procedimento é bem rápido, então não há motivos para grandes preocupações nesse sentido.

Quantas sessões de despigmentação a laser ou ácido são necessárias?

Novamente, alguns fatores precisam ser considerados, cor do pigmento, profundidade do pigmento, quantas camadas de pigmento há no local e como reage o organismo de cada um.

Pode ser que uma sessão seja suficiente para remover toda a pigmentação. Contudo, na maioria dos casos são necessárias de 5 a 7 sessões.

É possível fazer outra micropigmentação de sobrancelhas após remover a antiga?

Sim. A remoção pode retirar todo o pigmento indesejado e após a cicatrização da região, você poderá refazer o tratamento de micropigmentação como uma nova tentativa de atingir o resultado esperado. 

Em todo caso, é essencial encontrar bons profissionais tanto para a nova micropigmentação de sobrancelhas, quanto para a remoção.

Há perda de pelos após a remoção de micropigmentação de sobrancelha?

Sim, mas nada com que você deva se preocupar. Você provavelmente notará a queda de alguns fios após a sessão, mas eles logo começarão a crescer novamente. 

Além disso, pode haver também o aparecimento de alguns pelos brancos, mas fique tranquila, a cor voltará ao normal com o tempo.

É possível remover a pigmentação logo após ter feito?

Você poderá fazer a despigmentação nas primeiras 72 horas após o tratamento. Depois desse período, caso queira remover o pigmento, deverá aguardar o processo de cicatrização para começar a remoção.

É possível remover apenas uma parte da micropigmentação?

Caso o resultado não tenha sido completamente insatisfatório, você pode selecionar algumas áreas para remoção. Nesses casos o laser é utilizado de forma seletiva, o que pode produzir um resultado significativamente novo. 

Dra. Juliana Toma

CRM-SP: 156490 / RQE: 65521. Médica Especialista em Dermatologia pela SBD. Residência Médica em Dermatologia pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo. Pós-Graduação em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês. Pós-Graduação em Pesquisa Clínica - Principles and Practice of Clinical Research - Harvard Medical School (EUA).

Deixe o seu comentário

Abrir chat
Agende sua avaliação