Botox masculino – tudo o que você precisa saber

Embora não seja uma novidade, o botox masculino tem crescido nos últimos anos. De acordo com a American Society for Dermatologic Surgery (Associação Americana de Dermatologia), houve um aumento de 20% nas aplicações da toxina botulínica em homens. 

Trata-se do procedimento estético não invasivo mais realizado entre o público masculino, o que representa quase 10% de todas as terapias estéticas (incluindo as realizadas nas mulheres). Esses números demonstram uma tendência mundial, sobretudo no Brasil, onde cada vez mais homens têm recorrido a lifts, principalmente a aplicação da toxina botulínica. 

Leia também: Toxina botulínica – tudo o que você precisa saber sobre

Quer saber mais sobre o tema? Continue a leitura, entenda mais sobre o botox masculino, quando é indicado, quando é contra-indicado, entre outras informações para você sanar suas dúvidas. Acompanhe!

Design sem nome

O preconceito deu lugar a uma oportunidade com o botox masculino

Muitos homens associam a saúde e bem-estar ao atletismo, seus músculos e força. São atividades que não só demonstram habilidade, como também definem a imagem pessoal masculina. O botox e outros procedimentos fornecem outro caminho para alcançar a beleza. 

Nesse sentido, mais homens não só estão recebendo bem o tratamento de botox, como estão mais abertos para essa realidade. Eles não só querem realizar o procedimento, mas também estão mais abertos para falar sobre isso. Essa é uma tendência que só vai crescer, visto a maturidade com que este público tem encarado certas mudanças na sociedade como um todo.

Como funciona o botox masculino

O funcionamento é o mesmo: a toxina botulínica, ao ser aplicada, bloqueia a liberação do neurotransmissor chamado acetilcolina, responsável por fazer a comunicação entre os músculos do tecido e o sistema nervoso. Isso paralisa os músculos da região aplicada, fazendo com que o tecido fique mais relaxado, reduzindo vincos, rugas e demais marcas de expressão.  

O que muda no botox masculino em relação ao feminino são os objetivos e as áreas aplicadas. Em geral, a pele masculina é mais espessa, apresenta músculos faciais mais rígidos e marcados. As rugas são geralmente mais exteriorizadas, as sobrancelhas menos arqueadas e o formato dos lábios menos acentuado.  

Como a pele é mais espessa, podem ser necessárias aplicações duplas ou sessões duplas. Isso também influencia nas marcas, que são quase imperceptíveis após a aplicação e cicatrizam poucos dias depois, assim não fica nenhuma cicatriz. 

Regiões que podem receber o botox

O botox masculino tem como objetivo atenuar rugas dinâmicas, que são aquelas que aparecem por conta da movimentação da face. Surgem por conta dos movimentos comuns da face como sorrir ou franzir a testa. 

Veja quais regiões podem receber o botox:

Testa – visa reduzir as linhas horizontais na testa e pés de galinha nas laterais dos olhos.

Sobrancelhas – dá uma leve arqueada nas sobrancelhas e diminui a aparência de cansaço.

Glabela – região entre as sobrancelhas. O botox aqui vai reduzir a expressão estática superficial, que é aquela evidente mesmo com o rosto em repouso.

Nariz – vai dar uma leve levantada no nariz e reduzir rugas na lateral do dorso nasal.

Boca – Reduz a aparência das rugas peribucais, localizadas nas laterais da boca. Não é indicado para preenchimento labial, mas pode ajudar a desenhar um contorno na boca e reduzir rugas abaixo do nariz.

Queixo – Reduz aquela aparência cansada e proporciona uma leve arqueada na parte inferior da boca.

Pescoço – Pode ser aplicado no músculo que se estende da mandíbula até a clavícula, melhorando o aspecto de rugas dinâmicas. 

Axilas, palma das mãos e planta dos pés – tem objetivo de combater a sudorese (suor em excesso), inibindo a ação das glândulas sudoríparas. 

Como é feita a aplicação

O primeiro passo é fazer uma consulta com o dermatologista. Trata-se de uma conversa em que ele vai identificar as necessidades do paciente, verificar uma possível alergia e quais os locais de aplicação. 

No dia da aplicação, o paciente pode receber um anestésico tópico para evitar desconfortos e então são feitas as marcações. Dependendo do caso, as aplicações podem ser duplas para intensificar os efeitos, visto que a musculatura dos homens é geralmente mais forte do que a das mulheres. 

A sessão dura aproximadamente 30 minutos, conforme o número de aplicações e regiões que vão receber o botox. 

Após as injeções, feitas com micro cânulas ou agulhas bem finas, o paciente pode sentir um leve desconforto. Os efeitos são visíveis entre o primeiro e quarto dia. 

Design sem nome 1

Cuidados antes e depois do procedimento

Antes do procedimento é necessário parar com o uso de medicamentos anti-inflamatórios e evitar consumir álcool nos dias que antecedem a aplicação. 

Após a aplicação, é preciso evitar a prática de exercícios físicos nos dias seguintes, fazer massagem ou pressão no local do tratamento.  

Os efeitos colaterais são mínimos se seguidas as recomendações do profissional. Entre eles hematomas, queda do músculo, fraqueza muscular e enxaqueca. 

Perguntas frequentes

Entre as dúvidas mais comuns sobre o tratamento podemos destacar:

Qual idade aplicar botox nos homens?

A resposta varia conforme o objetivo e o grau de envelhecimento. O botox pode ser preventivo, para evitar o surgimento das marcas do tempo, ou corretivo, cujo objetivo é atenuar essas marcas. 

Essa necessidade deve ser debatida com o dermatologista, que vai analisar o caso e o processo individual de envelhecimento do paciente e só aí vai definir se é preciso aplicar o botox, quantidade de sessões e locais de aplicação. No geral, homens acima dos 25, com sinais de expressão marcados já são candidatos à aplicação da toxina. 

Qual é o tempo de recuperação?

Não há necessidade de se afastar do trabalho ou evitar as atividades corriqueiras. As dores e desconforto são mínimos e costumam desaparecer nos primeiros dias após o procedimento.

Posso ficar com o rosto deformado por causa do botox?

Não, dificilmente há problemas relacionados à aplicação de botox. Isso porque na consulta é feita a análise da pele do paciente e testagem para evitar qualquer reação adversa. 

Os efeitos do botox são para sempre?

Não, os resultados são evidentes por 4 a 6 meses, que é o tempo que o organismo desenvolve meios de assimilar a toxina, criando novas terminações nervosas no músculo, que volta a ser como era antes da aplicação. Por isso são necessárias mais de uma sessão, conforme o objetivo e necessidade do paciente.

Posso aplicar botox em casa?

Não, a toxina botulínica, assim como outros procedimentos estéticos deve ser realizada em consultório dermatológico com a supervisão do profissional capacitado. 

Agende uma consulta através do nosso WhatsApp

Dra. Juliana Toma – Médica Dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo – EPM

Clínica no Jardim Paulista – São Paulo – SP

Dra. Juliana Toma

CRM-SP: 156490 / RQE: 65521. Médica Especialista em Dermatologia pela SBD. Residência Médica em Dermatologia pela UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo. Pós-Graduação em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês. Pós-Graduação em Pesquisa Clínica - Principles and Practice of Clinical Research - Harvard Medical School (EUA).

Deixe o seu comentário