Tratamento para Dermatite de contato

A dermatite de contato é uma reação da pele causada pelo contato com um objeto ou substância irritantes, o que leva a irritação e inflamação local.

É essencial a identificação do agente causador da condição, pois será necessário evitá-lo para prevenir os sintomas. O dermatologia deve ser consultado para orientação quanto ao tratamento adequado.

A Clínica de Dermatologia Dra. Juliana Toma tem experiência no Tratamento da Dermatite de Contato em São Paulo.

Design sem nome 39
Dra Juliana Toma Dermatologia Sao Paulo
UM POUCO SOBRE A DRA.

Dra. Juliana Toma

CRM-SP 156490 / RQE 65521

Médica dermatologista, com Residência Médica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-EPM).

Especialização em Dermatologia Oncológica pelo Instituto Sírio Libanês. Fellow em Tricologia, Discromias e Acne pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Pós-Graduação em Pesquisa Clínica pela Harvard Medical School – EUA

CONHEÇA A EQUIPE

A Dermatite de contato acomete 33% da população, sendo mais comum em mulheres de cor branca e de meia-idade, cuja sensibilização chega a 48% sem correlação ocupacional. 

Dermatologista Especialista

Quais são os sintomas?

São sintomas comuns da Dermatite de contato:

  • Eritema, o famoso vermelhão na pele;
  • Descamação da área de contato;
  • Vesícula (comumente chamada de bolhas de água);
  • Pruritus (desconforto na pele que pode gerar a descamação);
  • Dermatite e eczema (inflamação e rachamento da pele). 

Esses sintomas se dão na área de contato, que fica vermelha e com aspecto semelhante ao da sarna, com bolhas ou pigmentos. 

Agende via WhatsApp sua consulta

Qual o tratamento recomendado?

A Dermatite de Contato pode ser tratada em casa quando os sintomas são leves. Nesses casos, é necessário usar compressas diluídas em vinagre para reduzir a ação agente alérgeno. Se receitado pelo dermatologista, o paciente pode aplicar esteróides tópicos (pomada, creme ou gel) na área afetada pela dermatite. 

Quando a pele foi afetada e está ressecada ou com lesões que parecem sarnas, o tratamento se dá com cremes emolientes, que restauram a emulsão de óleo da epiderme, criando um “manto hidrolipídico” ou “barreira cutânea” que protege a superfície da pele. Se houver infecção secundária por bactérias, o dermatologista pode receitar um antibiótico.

Por se tratar de uma condição circunstancial, a prevenção ainda é a melhor forma de evitar a dermatite pelo contato. Pacientes já diagnosticados devem evitar totalmente qualquer contato de pele com agente responsável pela reação.

NOSSA ESTRUTURA

Clínica localizada na região dos Jardins em São Paulo

Conta com valet gratuito na porta e estacionamento no local. Amplas instalações modernas. A clínica está pronta para receber seus pacientes de forma especial, e utilizar últimas tecnologias do mercado de maneira eficaz.

Agende uma consulta através do nosso WhatsApp

Dra. Juliana Toma – Médica Dermatologista pela Universidade Federal de São Paulo – EPM

Clínica no Jardim Paulista – São Paulo – SP

CLÍNICA DE DERMATOLOGIA DRA. JULIANA TOMA

Agende sua consulta. Atendemos pacientes particulares

Dermatologia Clínica e Cirúrgica. Tratamentos Faciais e Corporais. Laser em picossegundos. Cosmiatria

AGENDE SUA CONSULTA